terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Eu vejo


Eu vejo coisas onde ninguém nada vê...

5 comentários:

Berro d'Água disse...

Olá!!!

Te encontrei nos blogs de meus amigos portugueses, "pra lá dos sentidos e o profeta" e vim até aqui em razão do nome de teu blog, que me chamou atenção. Aqui, encontrei um pedacinho de Floripa - com fotografia da praia do Pântano do Sul na altura do loteamento Jardim dos Açores.
Vi que és do Rio, cidade que eu adoro!!! Gostei de teu espaço e obrigada pór me receber!!!

Um abraço,

Cris

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Uma visão com ângulos diversos, muito interessante essa imagem...bjssss

_ E Viva _ À Mãe _ Natureza disse...

Mulher lavando roupas, lavando com

Água!

O Profeta disse...

Construí um abrigo no deserto da emoção
Os vales são as ruas de um Deus
Fecha-se a alegria da terra
Um último olhar de amor, solto dos olhos teus

Na noite tudo se perde
Mora a sombra, o desvario
A indomável vontade do amor
Tem a força de um Rio


Bom domingo


Mágico beijo

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Esperando nova imagem...seria do carnaval?