quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Veja, veja, veja...


A SOLIDÃO DESSA FOLHA MORTA ME EMOCIONOU...

12 comentários:

Berro d'Água disse...

Ela está sozinha, mas na certa não sofre de solidão. Há muitas outras folhas espalhadas pelo caminho, que muito em breve, a encontrarão...

Um bom resto de semana!!!
Beijo,
Cris

O Profeta disse...

És madeira verde
Ou apenas mulher perdida
Testemunha de berço feito de penas
Arca perdida da dor contida

Tudo isto é universo
Em límpida poça de água
Onde as conchas têm a forma de coração
Onde o sal afasta a mágoa

A ti que és minha amiga especial
convido-te a partilhar comigo o “sítio das conchas azuis”




Beijo azul

plenitudedoser disse...

Tbém adoro imagens!!

Bjs

manu

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

Berro d'Água disse...

Bom final de semana também pra ti e com uma excelente viagem!!!

Boas imagens!!!
Cris

Metamorfose disse...

Solidão é um estado de espírito, quantas vezes estamos sós no meio de uma multidão? É a pior solidão.
Esperamos novidades...
Beijo

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo

manu disse...

Bom dia! Passando para desejar-te uma ótima semana!

Bj

VANUZA PANTALEÃO disse...

A imagem de Deus também somos nós!
Beijinhos

O Profeta disse...

Para que a terra não trema
Para que esta Ilha seja de boa guarida
Mil e muitas ave-marias
Para iluminar tanta alma perdida

Em meu peito bate a fé
Sou um caminhante de muda revolta
Olhos presos a este manto verde
Alma que se ergue e fica solta


Boa Páscoa


Mágico beijo

Paa disse...

Muuito bonitas as imagens do blog, coisas simples. Eu gosto :D

Bjo bjo *;

O Profeta disse...

Ó chamateia que fala da saudade
Ó canção que pões um brilho nos olhos
Ó mulher que tens a forma da viola
Ó que espalhas paixões aos molhos

E o cantar da meia-noite
A todos encanta e seduz
Cantar até que morra a voz
Cantar até que haja luz


Vem tocar uma Viola de dois corações

Bom fim de semana



Mágico beijo